Edital

O concurso PASSAGENS JARDIM ÂNGELA tem como objetivo a revitalização de três passagens da região do Jardim Ângela, distrito da região sul de São Paulo, para melhora de qualidade da mobilidade local (micromobilidade de pessoas e bens) e sua integração com o eixo de transporte público da região.
O objetivo geral do concurso é identificar e promover a realização de projetos e atividades inovadores que recuperem o sentido social e a caminhabilidade destas passagens, com alternativas inclusivas e replicáveis que provoquem o maior impacto urbano e social com a menor intervenção possível.
O concurso acontece segundo perspectiva do Programa Passagens, com a orientação do IVM internacional e participação ativa de moradores e organizações locais.

DOWNLOAD DO EDITAL

RESUMO DO EDITAL E PROPRIEDADE INTELECTUAL

  • 01 Bambuzal

    Passagem que transpõe

    Série de passagens e vielas que transpõem o morro do Jd. Caiçara, conectando as novas áreas da avenida Carlos Caldeira Filho com a baixada da rua Abílio César seguindo em área próxima ao linhão. Durante a transposição a passagem oferece visuais da paisagem da região.

    CARACTERIZAÇÃO DAS PASSAGENS
    01 Bambuzal
  • 02 Menininha

    Passagem dos vizinhos

    Neste caso, três passagens são analisadas, duas delas que ligam os mesmo trechos de ruas, mas são priorizadas uma em relação à outra de acordo com o sentimento de segurança, fornecido à noite pela passagem habitada onde a possibilidade de socialização entre os vizinhos também se torna um atrativo.

    CARACTERIZAÇÃO DAS PASSAGENS
    02 Menininha
  • 03 Fundão

    Passagem de convívio

    Uma escadaria que transpõe a avenida M’Boi Mirim e que a conecta com uma rua arborizada e com córrego central aberto, compartilhada por pedestres, veículos privados e transporte público durante a semana e de uso exclusivo de pedestres durante o final de semana, para múltiplas atividades.

    CARACTERIZAÇÃO DAS PASSAGENS
    03 Fundão